Saiba o funcionamento do Desagravo Público!

junho 10, 2020
desagravo público

Os advogados, no exercício da profissão, muitas vezes enfrentam situações difíceis junto às autoridades a fim de defender os direitos de seus clientes, esse é o caso do desagravo público.

Esses profissionais, da linha de frente da defesa de direitos, precisam ser amparados por um escudo de proteção contra possíveis abusos e cerceamento de defesa e do exercício de sua profissão.

É esse o papel do Desagravo Público da OAB, o qual vamos apresentar neste artigo.

Como consultar Advogado Online em casa!

O que é Desagravo Público?

O Desagravo Público pode ser entendido como um instrumento jurídico de defesa usado a fim de coibir possíveis:

  • Violações;
  • Ofensas;
  • Arbitrariedades.

Sendo essas infrações cometidas pelas autoridades contra o exercício da advocacia.

O Desagravo Público, previsto no inciso XVII do artigo 7 do Estatuto da Advocacia – EAOAB, devidamente regulamentado pela Lei n.º 8.906/1994.

É uma medida na qual efetiva a defesa do advogado e da classe de advogados no exercício da profissão ou em razão dela e em função do cargo e funções na OAB.

Como funciona esse direito?

Quando o advogado é restringido no exercício da advocacia ele tem direito ao Desagravo Público promovido via um Conselho Regional de Prerrogativas da OAB.

Portanto, pode ocorrer tanto devido a ofício, em caráter liminar ou requerimento do próprio advogado.

O desagravo concedido em caráter liminar é comum quando a violação de privilégios ou à prerrogativa é notória e atinge a classe de advogados.

No caso da quebra do direito de um causídico este deve comunicar formalmente à Secretaria da Comissão de Direitos e Prerrogativas da Subseção da OAB.

Dessa forma, apresentando os fatos ocorridos, o nome da autoridade na qual cometeu a quebra, com documentos e a solicitação de Desagravo Público.

desagravo público

Após a autuação o requerimento será analisado pelos Coordenadores da Comissão onde nomearão um Membro Relator a fim de dar seguimento ao pedido.

Portanto, junta a observância ao princípio do Contraditório e da Ampla Defesa, seguindo diligências, audiências e todas as coisas necessárias ao esclarecer os fatos, conforme qualquer processo comum.

Se a Comissão de Direitos e Prerrogativas entender que houve a quebra de privilégios, ela irá se pronunciar a favor do desagravo público.

Dessa forma, os autos seguirão ao Conselho Regional de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil na qual julga a solicitação.

Como é julgado o Desagravo Público?

O Conselho Regional, junto do presidente do mesmo e Conselheiros julgam o pedido com base nos autos.

Se a maioria votar pela concessão será designada a Solenidade de Desagravo Público com data, hora e o local, cientificando as partes envolvidas.

Nesta solenidade o Presidente do Conselho Regional de Prerrogativas fará a leitura da nota de desagravo, apresentando o fato ocorrido.

Dessa forma, nominando o Advogado ofendido e a Autoridade na qual cometeu a violação.

Portanto, junto a um pronunciamento de repúdio à violação dos direitos profissionais da advocacia.

Se a quebra desagravada tiver sido cometida através de magistrados e servidores públicos, a Nota de Desagravo será encaminhada à Presidência e Corregedoria do Tribunal de Justiça e Conselho Nacional de Justiça.

Gostou de entender um pouco mais sobre o desagravo público da OAB?

Aqui você sempre encontra conteúdos interessantes a essa profissão tão importante, a advocacia.

Vai fazer uma Ação de Usucapião?

sobre o autor

conteúdos relacionados

Lei Sansão: Maus-tratos de animais tem pena aumentada!

Lei Sansão: Maus-tratos de animais tem pena aumentada!

Você conhece a Lei Sansão de proteção aos animais? Segundo o site do UOL, recentemente a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal registrou um aumento de 81,5% nas denúncias de maus-tratos contra animais em São Paulo. Há fortes movimentos políticos e sociais focados em pressionar os legisladores...

Juros de Obra: Como saber se estão te cobrando a mais?

Juros de Obra: Como saber se estão te cobrando a mais?

Você sabia que quando você compra um imóvel na planta e financia pelo banco existe um risco de pagar Juros de Obra a mais? Atenção! Este é um assunto que muita gente não sabe e o prejuízo pode ser muito grande. Conheça as regras do Teletrabalho e como ele diferencia do Home-Office. Neste post...

Teletrabalho: Como seguir a lei e as recomendações do MPT?

Teletrabalho: Como seguir a lei e as recomendações do MPT?

Com o aumento do Teletrabalho o Ministério Público do Trabalho se pronunciou. Isso, a fim de manter as condições mínimas de segurança e qualidade da saúde do trabalhador. Confira nesse texto tudo sobre o Teletrabalho e quais as recomendações do MPT. Teletrabalho: As recomendações do MPT O...

deixe seu comentário