Publicidade

Saiba tudo sobre o Imposto de Renda de Aposentados!

maio 17, 2021
imposto de renda de aposentados

Primeiramente, mesmo após se aposentar, pode ser necessário declarar o imposto de renda de aposentados, entrando nas regras de pessoa física.

Sendo assim, quanto maior a renda obtida anualmente, maior é o valor que deve ser pago no imposto de renda de aposentados.

Pois, o Imposto de Renda é um dos tributos cobrado pelo Governo Federal tanto de pessoas físicas como jurídicas.

Publicidade

Portanto, neste artigo, vamos apresentar os principais pontos de atenção que o aposentado deve ter em relação ao imposto de renda.

Como, por exemplo, quando é preciso declarar, quem tem isenção, quais as principais regras do IR para aposentados, como declarar e sobre as particularidades da restituição para idosos.

Sendo assim, caso seja aposentado, continue a leitura com atenção a fim de saber tudo a respeito do imposto de renda de aposentados e pensionistas.

Como ocorre o Reembolso Plano de Saúde?

Imposto de Renda: os aposentados precisam declarar?

imposto de renda de aposentados

Sim. Mesmo depois de se aposentar os cidadãos devem continuar declarando o Imposto de Renda (IR) e pagando o tributo. Sendo assim, dentre os que devem fazer a Declaração anual do imposto de renda estão:

  • Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante o ano anterior;
  • Quem teve rendimentos isentos acima de R$ 40.000,00 durante o ano;
  • Pessoas nas quais tiveram ganho de capital na venda de bens ou de qualquer tipo de operação na Bolsa de Valores;
  • Quem teve posses somando mais de R$ 300 mil até 31/12/2019;
  • Pessoas nas quais escolheram a isenção do IR de venda de um imóvel residencial para a compra de um outro imóvel em até 180 dias.

Quem tem direito à isenção?

Uma das principais dúvidas relacionadas ao imposto de renda de aposentados ocorre em relação ao direito de isenção e de pagamento reduzido. Os aposentados por idade, por tempo de contribuição e por invalidez, acometidos por doenças ou lesões consideradas graves, ocupacionais, têm direito à isenção do IR. Exemplo: cegueira, alienação mental, esclerose múltipla, neoplasia maligna (câncer) dentre outras, são doenças que isentam o aposentado do IR. Ser isento do Imposto de Renda de Pessoa Física é um direito de qualquer beneficiário do INSS, seja de aposentadoria, pensão, reforma ou qualquer outro benefício previdenciário. Contudo, o critério da isenção é de que este beneficiário do INSS seja acometido de doença ou lesão grave. Já a redução de valores é direito de aposentados a partir de 65 anos de idade.

Publicidade

Regras do Imposto de Renda de aposentados

As regras do imposto de renda de pensionistas e aposentados não são diferentes dos padrões estabelecidos a todos os contribuintes. Contudo, há particularidades nas quais precisam de uma atenção dos aposentados e pensionistas na hora de fazerem a declaração do IR. Os aposentados e pensionistas cuja renda mensal foi de até R$ 2.379,97 em 2020 estão isentos de declarar IR em 2021. Já os aposentados e pensionistas, cuja renda ultrapassa o limite mencionado, se tiverem mais de 65 anos de idade têm direito à isenção sobre parte de sua aposentadoria ou pensão. As alíquotas podem ser consultadas no site da Receita Federal e variam entre 7,5% até 27,5% conforme os rendimentos do contribuinte.

Como declarar?

Como todos os contribuintes, os aposentados também devem fazer a declaração do Imposto de Renda anualmente. A declaração requer os dados referentes ao beneficiário, nome completo, data de nascimento, CPF, número do benefício do INSS e o período ou ano-base da declaração. Havendo parcela isenta ao IR, esta deverá constar na opção “Rendimentos Isentos”.

Restituição do Imposto de Renda de aposentados!

Existe uma prioridade de atendimento aos idosos em diversas situações no Brasil. Na restituição do IR, isto não é diferente. Sendo assim, os idosos após completarem 60 anos de idade recebem prioritariamente a restituição do imposto de renda. Ou seja, a partir dessa faixa etária os idosos têm acesso aos valores nos quais são restituídos pelo Governo antes dos outros contribuintes. Sendo assim, quanto antes enviar as informações para a Receita Federal, maior agilidade terá no recebimento da restituição. Portanto, neste artigo você pode ver, de forma bem clara, todos os pontos relevantes a respeito da declaração de Imposto de Renda e suas particularidades aos aposentados e beneficiários do INSS. Conseguiu tirar suas dúvidas? Ficamos à disposição para maiores esclarecimentos a respeito deste assunto, visando garantir sempre seus direitos e o cumprimento de suas obrigações tributárias. Seguindo nossas dicas você evita problemas e constrangimentos fiscais. Compartilhe o nosso artigo com algum aposentado, desse modo ele também será informado!

Confira se a Rescisão Contratual foi feita de maneira certa!

Encontre advogados perto de você!

Descreva seu problema para nossos profissionais e você será contatado pelo WhatsApp em poucas horas!

* O envio do seu problema é gratuito, porém os honorários oficiais poderão ser cobrados pelo profissional jurídico.

sobre o autor

conteúdos relacionados

Direitos do Condômino: Saiba quais são eles!

Direitos do Condômino: Saiba quais são eles!

Para quem vive em condomínio, conhecer os direitos do Condômino e deveres são essenciais para evitar problemas. A vida em condomínio não é livre de problemas, sempre tem aqueles condôminos que deixam de cumprir deveres ou invadem os direitos dos outros. Isto torna os conflitos muito comuns e a...

Horas Extras: Quanto devo ser pago por elas?

Horas Extras: Quanto devo ser pago por elas?

Se tem uma pergunta sobre direitos trabalhistas que o trabalhador brasileiro sempre faz é: horas extras, quanto devo ser pago por elas? Pois bem, se você é trabalhador e essa é uma dúvida que você tem, acompanhe esse post. Nele vamos explicar detalhadamente tudo sobre horas extras e como estão...

Aposentadoria e Pensão por Morte pode acumular?

Aposentadoria e Pensão por Morte pode acumular?

Uma das dúvidas dos contribuintes do INSS é: Aposentadoria e Pensão por morte pode acumular? Nos casos em que alguém já recebe uma pensão, se tem direito a outra e em que circunstâncias isto é possível. Principalmente quando se trata de um aposentado ter direito à pensão por morte de cônjuge,...

deixe seu comentário