Publicidade

Acidente de Trabalho: Quais os direitos do trabalhador?

julho 13, 2021
acidente de trabalho

Você conhece os direitos do trabalhador em caso de Acidente de Trabalho?

Ter conhecimento sobre os direitos é a melhor forma do trabalhador garantir seus direitos.

Isso porque de 2002 a 2020 cerca de 21 mil brasileiros morreram em acidentes de trabalho, segundo fontes do G1.

Publicidade

Estes números alarmantes, também, mostram a importância da segurança do trabalho no país.

Neste artigo explicaremos melhor sobre os direitos do trabalhador que sofreu um Acidente de Trabalho.

Acidente de Trabalho: Quais são seus direitos?

O principal direito do trabalhador em caso de Acidente de Trabalho é o afastamento imediato de suas funções.

Contudo, o afastamento deve ser sem perda da sua remuneração.

O afastamento pode ser de até 15 dias e o custo de seu pagamento recai sobre a empresa ou patrão.

Quando há a necessidade de afastamento por mais de 15 dias, o direito de manutenção da remuneração permanece.

Mas não é mais por conta da empresa, e sim pelo INSS, através do Auxílio-Acidente que lhe garantirá até 91% do seu salário de contribuição à Previdência Social.

O trabalhador que fica afastado pelo Auxílio-Acidente tem direito, também, à estabilidade pelo período de 12 meses.

O trabalhador não pode ser demitido durante esse período, a não ser na hipótese de justa causa.

Se o acidente resultar em incapacidade permanente do trabalhador, ele está assegurado ao direito de Aposentadoria por Incapacidade Permanente.

A Aposentadoria por Incapacidade Permanente é um benefício da Previdência Social, de natureza permanente.

Ela é concedida logo após a certificação em perícia médica e da análise do caso pelo INSS.

Desde que seja constatando que o trabalhador de forma irreversível, não tem mais condições de trabalhar.

Este benefício dura até o fim da vida do trabalhador ou enquanto permanecer esta condição de incapacidade permanente.

Outro direito do trabalhador acidentado é extensivo aos seus dependentes.

Caso o acidente resulte em óbito do trabalhador, seus familiares terão direito à Pensão por Morte.

São considerados dependentes do trabalhador para efeitos do direito à pensão do INSS:

  • Cônjuge
  • Filhos menores
  • Pais ou outras pessoas do núcleo familiar que dependem economicamente do trabalhador.

Em casos onde haja culpa do empregador para a ocorrência do acidente, o trabalhador pode ingressar com ação judicial.

Assim, requerendo indenização por eventuais danos materiais ou morais que tenha sofrido em razão do acidente.

O trabalhador também pode requerer judicialmente o custeio e/ou reembolso de suas despesas médicas.

Pode-se cobrar, também, a manutenção de tratamento de que necessite ou tenha necessitado em decorrência do acidente sofrido.

O empregador deve manter o recolhimento dos depósitos do FGTS do trabalhador durante todo o período em que este estiver afastado, mesmo se ele recebe auxílio do INSS.

Você é advogado? Que tal fazer parte do time de Advogados da Advoga e atender online!

acidente de trabalho

O que pode ser considerado um acidente no trabalho?

A definição legal de acidente em ambiente de trabalho pode ser extraída da Lei que regulamenta a Previdência Social.

Mais precisamente, o artigo 19 da Lei n.º 8.213/1991 que assim define:

“[…] acidente de trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados referidos no inciso VII do art. 11 desta lei, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho”.

É importante observar, que além do ato acidental como fato, a legislação considera as doenças profissionais como acidentes.

São consideradas as doenças que foram adquiridas ou desencadeadas por condições especiais em que a função do trabalhador é exercida.

Também, as doenças que se relacionem diretamente com o trabalho que ele exerce.

Publicidade

Essa relação deve estar expressa em uma Relação de Patologias que é elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

Agora que você já tem uma boa noção sobre os direitos que pode ter caso lhe ocorra acidentes de trabalho.

Compartilhe esse conteúdo para que mais pessoas fiquem bem informadas e continue seguindo o nosso blog.

Encontre advogados perto de você!

Descreva seu problema para nossos profissionais e você será contatado pelo WhatsApp em poucas horas!

* O envio do seu problema é gratuito, porém os honorários oficiais poderão ser cobrados pelo profissional jurídico.

sobre o autor

conteúdos relacionados

Trabalho sem Carteira Assinada: Conheça os seus direitos!

Trabalho sem Carteira Assinada: Conheça os seus direitos!

O trabalho sem carteira assinada ainda é um dos problemas que colocam em risco os direitos do trabalhador brasileiro. De acordo com a legislação, todo trabalhador, pessoa física, que trabalha com subordinação, de forma contínua, com pessoalidade e recebendo uma remuneração, tem direito de ter essa...

Trabalho Escravo: Por que ainda existe nos dias de hoje?

Trabalho Escravo: Por que ainda existe nos dias de hoje?

O Trabalho Escravo ainda é uma das questões sociais mais sérias no Brasil. Dados do Observatório do Terceiro Setor, apontam que em 25 anos cerca de 55 mil pessoas foram resgatadas do trabalho considerado escravo no Brasil. Somente no ano de 2020, cerca de 942 pessoas foram resgatadas trabalhando...

Empresa Simples de Crédito: Conheça esse novo negócio!

Empresa Simples de Crédito: Conheça esse novo negócio!

Neste artigo vamos falar sobre a Empresa Simples de Crédito, um novo negócio que já tem dado o que falar no campo do direito. Já sabe o que é e como ela funciona e a quem ela oferta créditos por meio de empréstimos e financiamentos? Acompanhe a leitura desse artigo que você vai entender tudo isso...

deixe seu comentário