Publicidade

Adicional de Insalubridade para profissionais durante a pandemia!

setembro 15, 2021
adicional de insalubridade

Muito se tem discutido acerca dos direitos trabalhistas que surgem como o Adicional de Insalubridade.

Desde do surgimento da pandemia, os profissionais da área de saúde assumiram a linha de frente para o combate à doença.

É sobre esse assunto que vamos falar aqui, como ficou o Adicional de Insalubridade para esses profissionais.

Publicidade

Adicional de Insalubridade: Exposição dos profissionais de saúde

A situação de pandemia coloca os profissionais de saúde em uma situação de maior risco e com isso deve ser pensado o Adicional de Insalubridade.

Esta situação abriu uma série de discussões acerca da proteção desses profissionais e dos direitos trabalhistas relacionados.

Dentre esses fatores destacam-se as discussões acerca da necessidade de uma compensação pelas jornadas de trabalho exaustivas e do pagamento de adicionais.

Não foram muitas as iniciativas que de fato, se efetivaram nem no âmbito legislativo e nem privado.

Visando assegurar a compensação diante de toda a exposição e dificuldades a que estão expostos esses profissionais desde que iniciou a pandemia no país.

Lembrando que muitos chegam a precisar se privar até do convívio familiar e se isolar para evitar o risco de contágio da família por conta do trabalho constante

A insalubridade está relacionada a determinadas condições que colocam em risco a saúde das pessoas quando expostas ou envolvidas a um contexto específico.

Assim, uma situação é considerada insalubre quando ela é capaz de causar algum prejuízo à saúde e ao bem-estar daqueles que estão expostos a ela.

No Direito Trabalhista a insalubridade em sua forma jurídica é relacionada às doenças que podem ser causadas aos trabalhadores por exposição a condições adversas e nocivas.

Entenda quais são as recomendações do MPT para Teletrabalho!

São muitas as situações de trabalhos que podem oferecer riscos em curto ou longo prazo:

  • Exposição altas ou baixas temperaturas
  • Exposição à luz
  • Exposição ao ar reduzido ou contaminado
  • Radioatividade
  • Contato com produtos químicos ou tóxicos
  • Exposição a altos ruídos.

No caso específico dos profissionais de saúde, geralmente estão:

  • Expostos a alguns riscos tanto físicos, químicos e biológicos
  • Contaminação por vírus no trato com pacientes.

Saiba como se proteger de Golpes via PIX!

A Lei Complementar nº 974

Em 27 de outubro de 2020 foi publicada, no Distrito Federal, a Lei Complementar nº 974.

Ela estabelece que os agentes públicos em atuação na linha de frente do combate à Covid-19 passam a ser enquadrados no grau máximo de insalubridade.

A legislação brasileira já prevê que trabalhadores que exercem atividades em contato com agentes nocivos à saúde ou quaisquer riscos dessa natureza têm direito a insalubridade.

Os valores a serem recebidos em forma de percentuais sobre o salário variam conforme o grau de exposição e gravidade dos danos.

Isso tudo em uma classificação de baixo risco, médio risco e máximo risco.

A regulamentação da Lei complementar nº 974/2020 definiu que todos os profissionais de saúde passaram a ser classificados no grau de máximo risco durante o período de pandemia.

Os servidores públicos do Distrito Federal em atuação no combate à pandemia têm direito a receber o percentual máximo estabelecido para benefício de insalubridade.

No caso 40% do salário mínimo da região, conforme determina o artigo 192 da Consolidação das Leis Trabalho (CLT).

É importante ressaltar que essa lei altera apenas o regime jurídico dos servidores públicos do Distrito Federal.

É um direito apenas dos agentes públicos que atuam na linha de frente da pandemia em Brasília.

Não se aplica em outas localidades e nem tem nenhuma relação com trabalhadores privados.

Para os trabalhadores da área de saúde em hospitais particulares ou fora de Brasília, valem as regras da CLT.

Exceto se houver, a exemplo de Brasília, uma legislação complementar local.

É importante saber sobre essa iniciativa em Brasília para que sirva de incentivo e amplie a discussão em outras localidades para a criação de normas semelhantes.

Publicidade

Tem dúvidas sobre o a medida Adicional de Insalubridade? Deixe nos comentários!

Se você é Advogado, venha fazer parte do Time Advoga!

Acompanhe nosso blog e fique por dentro dos nossos artigos!

Encontre advogados perto de você!

Descreva seu problema para nossos profissionais e você será contatado pelo WhatsApp em poucas horas!

* O envio do seu problema é gratuito, porém os honorários oficiais poderão ser cobrados pelo profissional jurídico.

sobre o autor

conteúdos relacionados

Ligações de Cobranças Indevidas! Como resolver?

Ligações de Cobranças Indevidas! Como resolver?

Se as ligações de cobranças indevidas ultrapassarem os limites legais, é necessário que o consumidor acione seus direitos. Antes de qualquer coisa é preciso frisar que o Credor de uma dívida tem todo o direito de cobrar o devedor. Porém, existem limites legais para que a cobrança seja realizada. O...

Como escolher um bom Advogado para o meu problema?

Como escolher um bom Advogado para o meu problema?

Uma das preocupações que temos na hora de solucionar um problema jurídico diz respeito a como escolher um bom advogado. A confiança nessa relação é algo imprescindível antes da contratação. Neste artigo eu vou te dar as dicas de como escolher um bom advogado para o seu caso. Como escolher um bom...

Advogado à distância! Como posso ser atendido?

Advogado à distância! Como posso ser atendido?

Em tempos de vida digital, os atendimentos por meio de advogado à distância se tornam cada vez mais comuns. Neste artigo vamos te mostrar como é possível contar com o atendimento online pelo Advoga. Confira abaixo todas as facilidades da função de advogado a distância. Advogado à distância: Como...

deixe seu comentário